Dúvidas?

As fotos mais fantásticas do ano, segundo o World Press Photo

Publicados : 2018-05-09 15:05:28
Categorias: Notícias

Batalha de Mosul

BAtalha de Mosul

Ivor Prickett registrou a imagem de um menino resgatado pelas forças especiais iraquianas, da última região de Mosul controlada pelo ISIS

Depois da Batalha de Mosul

Pós batalha em Mosul

Ivor Prickett fotografou a fila de civis que permaneceram em Mosul, no Iraque. Hoje a cidade está em ruínas. Essas pessoas foram reunidas em uma localidade para receber ajuda humanitária

Aisha

Aisha

Adam Ferguson registrou as meninas sequestradas por integrantes do Boko Haram. Aisha, com 14 anos, tinha a missão suicida de detonar um bomba presa ao próprio corpo em um local cheio de pessoas. Ela conseguiu fugir e pedir ajuda.

Atentado na ponte de Westminster

Atentado na ponte de Westminster

Toby Melville, em Londre na Ponte Westminster registrou o atropelamento de turistas em março de 2017 que deixou saldo de cinco mortos e dezenas de feridos

Perseguição ao povo Rohingya

Crise RohingyaPatrick Brown registrou em setembro de 2017 os corpos de refugiados do povo Rohingya, uma das minorias mais perseguidas do mundo. Desde 2016, as forças armadas de Myanmar perseguem e matam. A 30 anos eles não tem direito a cidadania na Birmânia.

Conflito na Venezuela

Conflito na Venezuela

Ronald Schemidt fotografou em Caracas, na Venezuela o manifestante José Víctor Salazar Balza. Com a roupa em chamas durante uma briga com a polícia e os manifestantes, que protestavam contra o presidente Nicolás Maduro. Seu corpo foi 72% queimado. Passou com 27 cirurgias, e conseguiu sobreviver.

Esta foto foi escolhida entre 95 mil imagens enviadas. A grande vencedora portanto.

Comente o que você achou da escolha.

Álbum Encadernado

Compartilhe este conteúdo

Adicione um comentário

 (com http://)